FORUM DO BEREDICTH - COMENTARISTAS SELECIONADOS
aguarde um minutinho...conectando

Cidades com Universidades tradicionais

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Cidades com Universidades tradicionais

Mensagem por Tia Madá em 23/2/2010, 9:44 pm

Meus caros:
Mudei faz há 13 dias para Piracicaba. Berço da ESALQ, universidade centenária, de primeiríssima qualidade em agronomia. Grandes mestre já passaram por aqui. Grandes fazendas, plantações, cultivos, agropecuária detém o ensinamento dessa senhora chamada ESALQ.
Fomos lá no sábado para um passeo pelos bosques, parques e lagos que tem dentro do campus. É muito bonito, cheirinho de mato, cheirinho de curral de vacas, estradinha de terra, bem voltada para o campo, no meio de uma cidade considerada modelo para muitos.
Eu imagino que Ribeirão Preto, Bauru, São Carlos, Botucatu, Viçosa, Ouro Preto, Rio de Janeiro, Salvador tenham universidades tão famosas quanto as do Estado de São Paulo ligadas à USP.
Até aí tudo bem. Só que eu, como advogada do diabo percebi uma coisa diferente que não me parece tão positiva assim não. Os jovens que vão estudar nessas unidades são do pais inteiro e até o exterior. Geralmente moram em repúblicas, apartamentos subdividos, fazem economia para não sobre carregar os pais. Maravilhoso, eles aprendem a se virar sozinhos. Tudo bem ???
Tudo bem nada. Onde moramos agora em Piracicaba, tem uma avenida nas nossas costas que há 3 quadras, tem nada mais que 7 barzinhos, daqueles grandes com mesas na calçada, tudo aberto e livre para degustarem uma boa "brejinha" gelada. É bebida rolando, pouca comida só porções pequenas porque a turma não tem muita grana, é badalação, amizade, risadas e depois de uma certa hora começa a bagunça. Excesso de bebida, começa discusão, brigas, rola droga escondido e pasmem para saírem dessa avenida tem que dar a volta no quarteirão e passam por onde estamos morando.
Vocês não fazem idéia da barulheira por volta das 2 da madrugada, carros em altíssima velocidade, sendo que a 3 quadras para baixo tem um hospital grande com movimento 24 horas, música no último tom, aqueles altofalantes de porta malas. Motos zumbindo no ouvido, sem contar os que param perto de casa e começam a conversar, brigar, discutir. Palavrões de baixíssimo calão.
Daí eu fico pensando, será que os pais dessa juventude sabem o que está acontecendo? Será que os pais ensinaram que a liberdade dels termina onde comça a nossa? E não estamos falando de gente pobre, estamos falando de estudantes filhinhos de papai e mamãe ricos, para terem carros equipados com som no último e carros caros é porque tem condições financeiras. Deveria ter educação também.
É aí onde eu questiono. A educação vem de berço, vem de casa, a escola é para instruir, para ensinar. Hoje em dia os pais passam a obrigação de educar para a escola, universidade, professores. E meus queridos professor nenhum vai controlar o que essa molecada idiota faz após as aulas nos happy hour deles.
Não sou puritana, porque eu também saia muito, dançava, bebida me divertia, mas eu terminava na hora que era preciso terminar. Respeitava o sono dos outros. Probia dos meus filhos ficarem conversando na rua de madrugada quando chegavam de festas. Se tinha encontro em casa era barulho até as 23 horas depois, acabou se quisessem continuar só podiam conversar nada de música alto, porque vizinho não é obrigado a repartir a música com o jovem.
É isso educação brasileira no jovens de hoje é deturpada.
Eu pensando que chegando numa cidade menor teria mais sossego. Até tenho mas não de 6as. feiras e sábado.s

Tia Madá

Feminino Data de nascimento : 29/05/1956
Número de Mensagens : 97
Data de inscrição : 26/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cidades com Universidades tradicionais

Mensagem por larsson em 23/2/2010, 11:16 pm

Tia Madá
Percebo sua indignação. A rapaziada está mesmo ficando fora de controle, graças à conivência dos próprios pais que acham sempre que eles estão com a razão. Até que aconteça uma tragédia, e então passam a culpar a polícia, os outros rapazes... ninguém quer olhar para o próprio umbigo.
Agora, tem o seguinte: essas atitudes são desta época e não tem como contornar. O negócio mesmo é procurar uma casa que fique o mais longe possível dessa turba.
Outro dia o Mestre me disse que as famílias mais abastadas da cidade estão procurando fazer casas fora, em bairros distantes, e que um amigo dele acabou indo morar em uma chácara. Para desespero dessa pessoa, que tem esposa e filhos, na chácara ao lado existe toda uma prática de fazer "bailes reven" (nem sei se é assim que escreve). São bailes com música eletrônica, verdadeiras orgias, regadas a drogas e muita bebida. Começa na sexta-feira, cruza o sábado e domingo e só vai parar mesmo na manhã da segunda...
Já pensou Tia?
Um bjo
avatar
larsson

Masculino Data de nascimento : 31/12/1977
Localização : Sampa
Número de Mensagens : 48
Data de inscrição : 19/03/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cidades com Universidades tradicionais

Mensagem por Tia Madá em 25/2/2010, 2:28 pm

Se chama Baile Have, rola tudo que porcaria que você imaginar. É impossível controlar. Não tem jeito o negócio é repensar onde se fixar, mas ninguém garante que em 10 ou 20 anos a coisa mude. É a educação mesmo que foi para o espaço, não existe mais.
Sabe, eu tenho dois filhos hoje com 22 e 20 anos. Muitos adultos conhecidos que foroam visitá-los na Alemanha onde moram, mesmo vizinhos nossos de São Paulo quando nos despedimos para vir para Piracicaba, nos diziam: "seus filhos são muito educados, cumprimentam, acenam, dão um soriso", "seus filhos são prestativos, sempre ajudam os outros, nunca dizem não para um favor a amigos". É óbvio que eu mãe corujona fico toda cheia de orgulho, mas daí eu penso. Peraí! Meu marido e eu não fizemos nada de excepcional para os filhos, simplesmente demos a educação que nos foi dada. Quando era para dizer "não" nós dizíamos e explicávamos porque o não. Cumprimentar as pessoas, sejam elas na rua, chegando em casa, visita o que for, não importa cumprimente com um soriso. Ajudar os outros é normal você ensinar a ser solidário com as pessoas, diferente de puxar o saco. Para nós é normal e o que deveria de ser em toda família. Não veja de diferente, tem que ser assim ou então é melhor não ter filhos.

Tia Madá

Feminino Data de nascimento : 29/05/1956
Número de Mensagens : 97
Data de inscrição : 26/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cidades com Universidades tradicionais

Mensagem por Olavo em 1/3/2010, 2:25 pm

Tia querida.
Permita-me uma correção: não é nem como o Larsson escreveu (reven) e nem como Você corrigiu escrevendo Have.
O correto é "festa Rave".
Beijo e fico contente pelo fato de estarem felizes ai na terra do Mestre.
Olavo
avatar
Olavo

Masculino Data de nascimento : 07/09/1964
Localização : Sorocaba - SP, mas viajando sempre...
Número de Mensagens : 137
Data de inscrição : 28/05/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cidades com Universidades tradicionais

Mensagem por Tia Madá em 24/3/2010, 10:11 pm

Oi Olavo, tá certo. É que já estou longe dos filhos faz um tempo e essas girias vou esquecendo. Enfim são um inforno.

Tia Madá

Feminino Data de nascimento : 29/05/1956
Número de Mensagens : 97
Data de inscrição : 26/08/2009

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Cidades com Universidades tradicionais

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum